quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Emenda do Senador Tasso Jereissati beneficia municípios com perfuração de poços, dentre eles Ibaretama

Mediante a escassez d'água e o enfrentamento de mais de cinco anos de seca no semi-árido, o nordeste brasileiro sofre a falta do líquido mais precioso para a humanidade.

Ações de combate ao quadro de seca, são necessárias.
Para amenizar a crise hídrica no Ceará, o DNOCS executará projeto de perfuração de 160 poços públicos. Emenda apresentada pelo senador Tasso Jereissati, no valor de R$ 2.353.350, fortaleceu o projeto, que atenderá a trinta e sete (37) municípios do interior do nosso Estado. Dentre eles Ibaretama no sertão central

A informação foi veiculada ontem, 08, na página do parlamentar em rede social. 

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Prefeito e secretários de Choró doam seus salários e compram equipamentos para o Hospital

Segundo o Prefeito Marcondes Jucá, esse é um gesto que mostra o compromisso seu e de toda sua equipe para com a Saúde do Município .

Cumprindo uma promessa de campanha, o Prefeito de Choró, no Sertão Central cearense, Marcondes Jucá (PEN) e todo seu Secretariado, estão doando os seus Salários do Mês de Janeiro para o Hospital Municipal de Choró.

A Prefeitura informou que com o Dinheiro doado pelo Prefeito e Secretários, serão comprados os seguintes equipamentos:
10 Camas
10 Colchões
10 Suportes para Soro
10 Escadinhas para pacientes
10 Cadeiras para Acompanhantes
 
Inclusive alguns desses equipamentos já chegaram no Hospital, sendo que o restante chegará na próxima Semana quando o restante dos Secretários receberem seus vencimentos na e devolverem, para quitar a dívida com o fornecedor do material.

Segundo o Prefeito Marcondes Jucá, esse é um gesto que mostra o compromisso seu e de toda sua equipe para com a Saúde do Município, além de uma demonstração que suas promessas de campanha serão mesmo cumpridas.  


FONTE: TVJ1

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Jordano Farra deixa "Forró Pra Nóis" e fala ao Blog do Georzito sobre seus planos futuros

O Cantor Jordano Farra (JF) primo do Matheus Fernandes (MF) deixou a Banda Forró Pra Nóis. 

Jordano Farra (JF) tem planos futuros para sua carreira e já projeta novos horizontes. Seu mais novo Projeto conta com o apoio e o aval de seu primo, o cantor cearense que vem conquistando o Brasil, com o sertanejo universitário e músicas empolgantes, Matheus Fernandes (MF).

Jordano Farra (JF) que em breve vai estrear programa no seu canal no YouTube, conversando com artistas renomados e cantando sucessos. O cantor não quis detalhar muito sobre o assunto agora, deixando um pouco de suspense no ar. Mas, afirmou categoricamente que vem coisa boa por aí, vem novidades para os fãs.

O cantor declarou que em breve vai estar mostrando seu novo projeto em uma participação ao vivo, na emissora de rádio de Ibaretama, a Natividade FM.


O Blog do Georzito conversou com Jordano Farra, confira trechos do diálogo:

BG - Qual o motivo de você sair da banda Forró Pra Nóis?
JF - Cada pessoa procura suas melhoras e valoriza o seu trabalho, esse foi o motivo da minha saída da Forró pra Nóis, a qual dediquei-me um ano de experiência, dedicação e trabalho.

BG - Quais os planos futuros do JF?
JF -  Continuar com a carreira de músico, trazendo um projeto novo para o Sertão Central, uma pegada de forró diferente para a galera forrozeira e logo logo estarei me pronunciando acerca desse novo projeto.

BG - Você tem um primo que está estourado na mídia, está tendo reconhecimento nacional, o Matheus Fernandes (MF). Como é seu relacionamento com seu primo MF?
JF - Meu relacionamento com o primo MF chega ser um relacionamento de irmão, onde as minhas decisões divido com ele, e ele sempre me orienta e apoia nas decisões tomadas, e esse novo projeto é umas dessas decisões, e como sempre com o aval dele.

BG - Há uma concordância na música: Todo cantor se inspira em outro cantor. Qual cantor inspira o JF?
JF - Minhas inspirações são Mano Walter e Vicente Nery, sempre admirei o trabalho dessas duas pessoas e porque não agora, o primo MF. 

BG - Qual a música preferida do JF?
JF - Seu amor ainda é tudo, do cantor Moacir Franco

BG - Quando começou seu gosto pela música?
JF -  O gosto pela música começou desde criança, e sempre de músicas antigas.

BG - Qual mensagem você deixaria neste momento para seus fãs?
JF - Para os fãs e amigos, deixo aqui o meu abraço, agradeço sempre pelo apoio e digo que agora me sinto solto, para mostrar na realidade o trabalho do Jordano Farra, gostaria de dizer para vocês que vem muitas novidades por aí, inclusive o canal 'Vem pra Farra' com Jordano Farra e grandes rodas de viola com entrevistas com famosos e tudo mais, e sempre levarei o nome da minha cidade, (Ibaretama) em qualquer lugar que eu chegue, deixo aqui o meu abraço e dedicação a todos os fãs e amigos do Jordano Farra.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

LICITAÇÕES 2016: TCM aponta irregularidades em 37 municípios - Ibaretama ficou de fora

Uma reportagem publicada, nesta terça-feira (31), pelo Diário do Nordeste, mostrou que segundo o TCM, 1.094 processos licitatórios, envolvendo R$ 173,7 milhões, apresentaram algum tipo de inconstância. O Município de Ibaretama, sertão central, não configura entre aqueles que estão com irregularidades.
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) detectou irregularidades em 1.094 licitações analisadas no ano passado, o que corresponde a R$ 173,7 milhões. Conforme o Observatório de Licitações Municipais do TCM, as inconstâncias foram encontradas em processos licitatórios de 37 municípios do Estado, que poderão ser penalizados.
Conforme o TCM, as principais irregularidades encontradas foram: projeto básico e/ou Termo de Referência deficientes quanto à caracterização do objeto licitado; solicitação de documentos para fins de habilitação não previstos na legislação; restrição à competitividade pelo agrupamento indevido de itens em lotes, além de exigência injustificada de visita técnica.
O Tribunal também informou que encontrou ausência de coleta de preços, sobre preço e atraso na publicação das licitações, o que descumpre as normas de transparência, publicidade e normativos do TCM. “A análise das licitações ocorre de forma concomitante, isto é, ao mesmo tempo em que ocorre o procedimento. Em 2016, examinamos aproximadamente 2.000 processos de aquisição de bens e serviços, publicados pelos Municípios no Portal de Licitações”, ressaltou o TCM.
Conseqüências
Com a constatação das irregularidades, o TCM vai instaurar processos para apuração das responsabilidades, visando coibir possíveis danos ao erário. Caso sejam confirmados os problemas nas licitações, os municípios estão sujeitos à aplicação de multa, ressarcimento do débito e desaprovação de suas contas.
Na seleção das licitações analisadas são considerados critérios estabelecidos pela área de fiscalização, além de outros fatores, tais como contratações de maior vulto, histórico de irregularidades, notícias e demandas recebidas via ouvidoria. Além disso, é possível que a população colabore enviando manifestações através da ouvidoria do TCM, que pode ser contatada pelo site do Tribunal.

Informação do DN (Diário do Nordeste)