terça-feira, 26 de maio de 2015

Coordenadora Escolar de Ibaretama publica texto sobre problemas enfrentados na Educação

Evasão e abandono escolar no ensino médio: eis a questão


A Coordenadora Escolar da E.E.M Cônego Luiz Braga Rocha, Do Céo Freitas, escreveu recentemente, texto relatando os principais problemas enfrentados pelas escolas brasileiras. Em mais um de seus cursos de especialização, a educadora explora sua experiência profissional e disserta sobre o tema.

     "Apesar dos grandes avanços conquistados na educação, um problema evidente que vem preocupando os governantes e a sociedade como um todo é o fenômeno da evasão escolar, que está presente tanto nas escolas das grandes cidades, como também, nos pequenos municípios espalhados por todo o Brasil.

      Evasão escolar, no sentido pleno do termo, significa o abandono do estudante, durante o ano letivo, da escola e dos estudos, de forma a não mais retornar ao ambiente de aprendizagem. Ao abandonar a escola, a maioria desses jovens é obrigada a viver à margem da sociedade, sem o conhecimento e as ferramentas exigidas pelo mercado de trabalho, e sem as condições necessárias para conquistar uma vida mais digna.

      É notório que vários fatores contribuem para que os alunos abandonem a escola: alunos com histórico de repetência, com deficiências de aprendizagem oriundas do ensino fundamental, distorção idade  e série, ingresso muito cedo no mercado de trabalho para ajudar na renda familiar, gravidez precoce, escola não atrativa, pais analfabetos, falta de transporte escolar para acesso à escola, incapacidade do aluno acompanhar os conteúdos do ensino médio e currículo desinteressante.

      Diante dessa realidade, faz-se necessário o envolvimento de toda a sociedade no enfrentamento da problemática em questão: governo, sociedade civil, comunidade escolar e local e a criação de políticas públicas que possam suprir as reais necessidades do aluno. E assim, garantir sua permanência na escola e facilitar o processo de construção e socialização de conhecimentos e saberes diversos para a construção de uma sociedade mais justa, mais humana e mais igualitária." Conclui Do Céo.