terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Comunicador é ameaçado de morte durante apresentação de programa em Banabuiú


1236405_1422113931348359_187906004_n

Por Jaime Arantes;
Na terça-feira, dia 14, o locutor José Machado de Lima Júnior, 29 anos, foi ameaçado de morte durante a apresentação de um programa na Rádio Laser FM, de Banabuiú, no sertão central cearense. Ao atender uma ligação, por volta das 15h30min, o profissional ouviu ameaças de morte que foram transmitidas ao vivo pela emissora.
Júnior Lima trabalha no ramo há 12 anos e, durante as manhãs, apresenta um programa polêmico em que aponta falhas da atual administração pública de Banabuiú e sugere soluções.
Com a finalidade de se resguardar, o profissional registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia Municipal de Banabuiú. De acordo com as informações que prestou à polícia, a ligação contendo a ameaça foi feita em modo confidencial e a pessoa afirmou claramente: “Você vai morrer”, e em seguida usou de palavras de baixo calão, ofensivas ao profissional. Júnior já havia escutado de outra pessoa que ele estaria marcado para morrer. Ednilson de Oliveira Lima, popularmente conhecido como “Gordinho”, é colega de trabalho de Júnior Lima e ouviu a ameaça. Ele também se dirigiu à Delegacia e registrou um B.O.

Apesar da ameaça, Júnior Lima continua fazendo seu programa. A liberdade de expressão é um direito humano inalienável e sua proteção, um elemento essencial para as sociedades democráticas. Não é raro, porém, que em pleno século XXI os profissionais da imprensa ainda tenham de lidar com resquícios do antigo coronelismo que dominava, à base da bala, os sertões nordestinos.


Informação extraída do http://www.monolitospost.com/ em http://www.monolitospost.com/jaimearantes/comunicador-e-ameacado-de-morte-durante-
apresentacao-de-programa-em-banabuiu/