segunda-feira, 10 de junho de 2013

EM IBARETAMA: Comunidade é barrada no portão da escola para não ouvir debate entre candidatos



Impedida de participar do debate entre os dois candidatos à direção da única escola da rede estadual do município, a comunidade ibaretamense fica do lado de fora da escola.

Diferentemente de outras edições a EEM Cônego Luiz Braga Rocha, em pleno processo de escolha direta de seus gestores, fecha seus portões à comunidade local.

O debate entre os candidatos foi restrito aos funcionários, professores e alunos da escola, pais ou responsáveis dos alunos, os demais segmentos inerentes ao processo educativo não puderam participar.

A ex-diretora da escola, a senhora Maria do Céo de Freitas Alves, atualmente assessora administrativa da secretaria municipal de educação de Ibaretama, foi impedida de adentrar a escola para ouvir o debate, de conhecer as propostas dos candidatos ao cargo de diretor da única escola estadual do município, com qual a Secretaria Municipal da Educação sempre mantem laços harmoniosos de parcerias e conquistas. 

Juntamente com a ex-diretora, foram também impedidos de entrar na escola técnicos da secretaria municipal de educação, ex-professores, representantes de entidades importantes locais como o Conselho Tutelar, representado por  alguns conselheiros, dentre eles a psicóloga Camila Freitas e a senhora Virginia Cunha. E ainda a representante do Instituto Religioso Casa São José pertencente à Congregação das Humildes Servas do Senhor, a Ir. Alda, instituição essa que contribui para com o município desde sua fundação, ou seja, há 25 anos evangeliza e educa os cidadãos ibaretamenses.

Segundo a direção da escola o debate era só para a comunidade escolar, de acordo com a orientação da comissão eleitoral baseada no edital que rege o processo, seguido pela CREDE 12, o debate entre os candidatos ocorreu na quinta-feira (06).


 COMUNIDADE ESCOLAR na visão de BEATRIZ DE BASTO TEIXEIRA - Refere-se aos segmentos que participam, de alguma maneira, do processo educativo desenvolvido em uma escola. Na maioria dos casos em que a expressão é mencionada, agrupa professores, funcionários, pais e alunos. No entanto, pode ser observada alguma variação no que diz respeito aos segmentos que compõem a comunidade de uma instituição de ensino entre diferentes documentos de políticas e programas educacionais ou textos legais a eles relativos. Há casos em que associações de bairro, sindicatos, entidades comunitárias de uma forma geral são incorporados, desde que atuantes no bairro em que a escola esteja situada.

As eleições na Escola serão realizadas por todo o dia de amanhã (11/06). Os concorrentes são: O professor Eremberg Gonçalves (86), ex-diretor da EEF Rda. Emília de Lima e ex-secretário municipal de educação de Ibaretama, e o Monsenhor Luiz Orlando, mais conhecido na região como Pe. Orlando (88), foi pároco de Ibaretama e diretor da maior escola da rede municipal de Ibaretama assim como seu opositor, foi ainda diretor por vários anos de uma das mais tradicionais escolas da rede particular da cidade de Quixadá, o Colégio Valdemar Alcântara, e também foi diretor da escola pública Dom Terceiro na cidade de Boa Viagem. Recentemente exercia o cargo de diretor financeiro na EEM Abraão Baquit em Quixadá.

Por Georzito Ferreira Inácio;