quinta-feira, 27 de junho de 2013

Prefeita de Ibaretama investe na qualificação de gestores

Pensando no bom funcionamento da máquina pública, bem como na melhoria da qualidade de vida do povo ibaretamense, a gestora de Ibaretama, Elíria Maria Freitas de Queiroz proporcionou aos funcionários da prefeitura municipal um dia de estudo, de ampliação e aperfeiçoamento sobre Gestão Publica.

Prefeita Elíria participando junto com o secretários e assessores  de capacitação sobre Gestão Pública em ibaretama
Na oportunidade secretários, assessores, gestores do município de Ibaretama participaram de uma capacitação profissional sobre Gestão Pública. 

O evento ocorreu na primeira quinzena de junho, contando com a participação direta da Prefeita Elíria Queiroz, sob a coordenação do professor e ex-prefeito de Irauçuba, Raimundo Nonato Souza Silva, autor do livro “Gestão Pública Municipal: O Projeto Alianças da Cidadania como diferencial em Irauçuba-Ce”.

O encontro se estendeu por todo um dia de sexta-feira, e foi bastante comemorado pelos participantes. “Foi muito proveitoso participar desse encontro, a prefeita está de parabéns. É sinal de que realmente ela está preocupada com o município.” Disse a participante Maria Soares;


É muito bom poder ter a oportunidade de trabalhar fazendo o que se gosta, saber que seu trabalho pode contribuir para o desenvolvimento social.  Este foi um rico momento de capacitação, troca de idéias, onde repassei conceitos e ferramentas de Gestão avançada, foi grande o entusiasmo que manifestou-se na equipe. Muito pode ser feito por uma Gestão Pública por mais difícil que seja, escassez e outros impedimentos podem ser superados com uma equipe motivada e com o uso de estratégias corretas. Afirma Raimundo Nonato.

Grupos de estudo, planejamento de ações!
Com isso, Elíria busca uma qualidade no ato de gerir a coisa pública, um melhor atendimento aos moradores de Ibaretama e um serviço qualificado que atenda aos anseios dos ibaretamenses.

domingo, 23 de junho de 2013

Futebol: Quixadá de volta à elite do futebol cearense


Torcida quixadaense comemorando o retorno! Foto: Georzito Ferreira Inácio;





Foto: Georzito Ferreira Inácio;
Na tarde de hoje (23) domingo, o Quixadá Futebol Clube retorna à 1ª divisão do campeonato cearense de futebol. Diante de sua torcida que lotou o Abilhão, o canarinho do sertão repetiu o placar de quinta-feira em solo iguatuense e empatou sem gols diante do Iguatu garantindo desse modo seu acesso à elite do futebol cearense.
Foto: Georzito Ferreira Inácio;

Foto: Georzito Ferreira Inácio;
 O jogo foi bastante disputado desde o início, com os dois times brigando pela vaga. O Quixinha teve seu melhor jogador da competição, Jackson, expulso na segunda etapa. O Canarinho do Sertão teve que se virar com um homem a menos. Passados alguns minutos, já nos cinco finais da partida o Iguatu também teve uma expulsão, ficando dez em campo para cada lado. O time do Centro Sul pressionou, chegou a chutar bola na trave do adversário, e o goleirão quixadaense ainda fez belas defesas na partida, levando assim o Quixadá Futebol clube ao retorno da 1ª Divisão do Campeonato Cearense em 2014. 
Foto: Georzito Ferreira Inácio;

As torcidas lotaram o estádio, um super show de ambas as partes. A Canarinha saiu feliz da vida e rindo à toa, foi sofrido mas merecido, pela campanha que o time da galinha choca fez no decorrer do certame. Agora o Quixadá disputa o título da competição diante do Itapipoca, que perdeu para o Maranguape por 2 x 1, como havia vencido em casa pelo placar de 1 x 0, classificou-se e também garantiu seu retorno à 1ª Divisão.
Ao lado de Lequinha, o craque do Quixadá Futebol Clube.Foto: Georzito Ferreira Inácio;

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Prefeita de Ibaretama recebe meio milhão para construção de três adutoras no município

cid_comu_eliria_adutoraA prefeita Municipal de Ibaretama, Elíria Maria Freitas de Queiroz, recebeu os certificados das adutoras do governador Cid Gomes e fez questão de levar os representantes de cada uma das comunidades beneficiadas, “Ibaretama agora está com prestigio junto ao governador, para se ter ideia, de tantos municípios do Ceará, estamos entre os 35 beneficiados”, com relação a importância das adutoras, ela acrescenta: “cada morador pode comemorar essa conquistar de importância inexplicável, vai ser a água de qualidade chegando em cada casa dessas comunidades e poder ter certeza que trabalhar para construir novas adutoras em Ibaretama”, finalizou.

Em maio a cidade de Ibaretama e os distritos de Piranji, Posto São Paulo, Barreiro e Lajedo já tinham sido contemplados.
Instalações de cisternas, projetos de abastecimento e transferência de água, liberação de recursos do Pronaf, logística na distribuição do milho. Todas essas ações de convivência com a seca deixam o Ceará na vanguarda em comparação ao restante do Nordeste. Todos os números e dados referentes a essas ações comprovam o pioneirismo do Ceará, segundo destacou governador Cid Gomes, durante a solenidade que liberou 104 projetos para a implantação de sistemas de abastecimento d´água do Programa Água para Todos. “Essa é mais uma ação que demonstra o esforço de diversos agentes no âmbito estadual, federal e municipal, de diminuir os problemas da seca. Fico mais feliz em saber que ações não estão se limitando só ao emergencial. Que esse esforço também está fazendo no Ceará obras estruturantes”, ressaltou o Governador.
Cid ressaltou ainda a importância da liberação dos benefícios que aconteceram nesta segunda-feira, e que representam um investimento de R$ 18.900.821,73. Os recursos são do Ministério da Integração Nacional e Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop), e vai beneficiar, só nessa ação, cerca de 3.881 famílias, de 35 municípios cearenses, entre eles, Ibaretama, no Sertão Central, que foi contemplada com três grandes adutoras para localidades rurais de Lagoinha  I e II, a primeira recebeu o valor de R$ 215.612,34 mil reais para construção de sua adutora e deverá beneficiar 41 famílias, a segunda foi de R4 86.045,36 mil reais beneficiando 22 famílias, a terceira contemplada foi a comunidade do Assentamento Canafístula, onde 32 famílias terão, em breve, água potável em suas torneiras.
Para o presidente da Associação do Assentamento Canafistula, João Gonçalves, isso era um sonho antigo da comunidade, “em breve vamos poder tomar banho de chuveiro”, a mesma opinião foi da líder comunitária de Lagoinha, Martas Barroso, “as coisas em Ibaretama estão mudando, agora podemos dizer que vamos realizar o sonho de ter água em nossas casas”, disse sorrindo.
O Secretário Municipal de Recursos Hídricos, Erivan Abraão Maia, destaca a importância da construção dessas adutoras para a zona rural de Ibaretama, “traz para a população qualidade de vida, sonhos e muda a rotina dessas comunidades que tanto sofrem com a escassez de água potável”, enfatiza e concluiu, “não foi fácil conseguir junto ao governo esses projetos, mas estamos trabalhando para levar mais adutoras para o nosso município”, finalizou.
A prefeita Municipal de Ibaretama, Elíria Maria Freitas de Queiroz, recebeu os certificados das adutoras do governador Cid Gomes e fez questão de levar os representantes de cada uma das comunidades beneficiadas, “Ibaretama agora está com prestigio junto ao governador, para se ter ideia, de tantos municípios do Ceará, estamos entre os 35 beneficiados”, com relação a importância das adutoras, ela acrescenta: “cada morador pode comemorar essa conquistar de importância inexplicável, vai ser a água de qualidade chegando em cada casa dessas comunidades e poder ter certeza que trabalhar para construir novas adutoras em Ibaretama”, finalizou.
Em fevereiro a prefeitura de Ibaretama e o governo do Estado assinaram uma ordem de serviços para a construção de 78 quintais produtivos, sendo 58 cisternas de enxurradas e 28 barragens subterrâneas.  As obras estão sendo executadas pelo Instituto Antônio Conselheiro-IAC, com investimento de R$ 958,7 mil.
Em maio, a Cagece e a Prefeitura Municipal de Ibaretama, assinaram o contrato de concessão para que a Companhia cuide dos serviços de água e esgoto do município, pelos próximos 30 anos. Nessa parceria a Cagece vai fazer o abastecimento de água para 5.853 pessoas, na cidade de Ibaretama e nos distritos de Pirangi, Posto São Paulo, Barreiro e Lajedo. A implantação do sistema inclui 13.622 metros de rede e 1.565 ligações de água, representando um investimento de R$ 3.359.962,29, com recursos do Tesouro do Estado. Com a obra, serão instaladas 976 ligações na sede municipal, 408 em Pirangi, 30 em Posto São Paulo, 125 em Barreiro e 26 em Lajedo.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Prefeita de Ibaretama decreta ponto facultativo

A prefeita de Ibaretama, Elíria Maria Freitas de Queiroz decretou ponto facultativo no âmbito da administração municipal, a partir das 14h do dia 19 de junho, por ocasião do jogo da Brasil pela Copa das Confederações em Fortaleza. 

Ficam excluídos do decreto (22/2013) os serviços essenciais de saúde e de segurança que cumprirão normalmente seus expedientes.


terça-feira, 18 de junho de 2013

Prefeitura de Ibaretama convoca servidores para recadastramento

Objetivando a atualização de dados e um melhor atendimento ao servidor municipal a administração "Ibaretama de Todos" convoca todos os servidores municipais estatutários a fazerem seu recadastro.

A prefeitura municipal de Ibaretama, comandada pela socióloga Elíria Maria Freitas de Queiroz, por meio da Secretaria de Administração convoca todo servidor estatutário com vínculo empregatício com o município citado a comparecer ao Centro Cultural, localizado na Rua Valdevino Cabral, digo prefeitura municipal na rua Pe. João Scopel - Centro, para fazer o seu recadastramento.

Objetivando a atualização de dados e um melhor atendimento ao servidor municipal a administração "Ibaretama de Todos" convoca todos os servidores municipais estatutários a fazerem seu recadastro.

O período de recadastramento teve inicio ontem (17) e se estenderá até quarta-feira da próxima semana (26), sempre funcionando de 8 às 17h.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Ibaretama será beneficiada com obra de água

Cagece teve aprovados R$ 120 milhões para o PAC Estiagem

Os municípios beneficiados são Tauá, Caucaia, Russas, Juazeiro do Norte, Quixadá, Itapipoca, Aracati, Sobral, Hidrolândia, Campos Sales, Umirim, Tabuleiro do Norte, Quiterianópolis, Ibaretama, Pedra Branca, Morada Nova, Itaiçaba e Jaguaribara.

Cagece teve aprovados R$ 120 milhões para o PAC Estiagem


Os recursos foram aprovados pela Funasa, pelo Ministério das Cidades e pelo Ministério da Integração, para beneficiar com obras de água dezoito municípios cearenses.
A Funasa, o Ministério das Cidades e o Ministério da Integração destinaram recursos para o Governo do Estado, através da Cagece, no valor de R$ 120.531.784,09, como parte do PAC Estiagem. Os recursos serão aplicados em obras de adução, ampliação ou implantação de rede de  abastecimento de água em vários municípios do Ceará. Os municípios beneficiados são Tauá, Caucaia, Russas, Juazeiro do Norte, Quixadá, Itapipoca, Aracati, Sobral, Hidrolândia, Campos Sales, Umirim, Tabuleiro do Norte, Quiterianópolis, Ibaretama, Pedra Branca, Morada Nova, Itaiçaba e Jaguaribara.
Somente pela Funasa, foram aprovados R$ 50.602.253,78. Pelo Ministério das Cidades, foram R$ 66.479.259,27 e, pelo Ministério da Integração, foram R$ 3.450.271,04.
Também serão ampliados sistemas de água de localidades em Caucaia, como Capuan. Em Juazeiro do Norte, como Aeroporto, Triângulo e São José. Em Aracati, as localidades de Córrego dos Rodrigues, Pontal, Majorlândia e Quixaba. Em Sobral, Jaibaras. Em Aracati, Canoa Quebrada. Em Umirim, Caxitoré e Oiticica. Em Morada Nova, Lagoa da Barbada e Poço Serra.

informação extraída de http://www.cagece.com.br/comunicacao/noticias/1082-cagece-teve-aprovados-r-120-milhoes-para-o-pac-estiagem com adaptações de georzito Ferreira Inácio;

Em Ibaretama: Pe. Orlando vence a eleição de diretor da escola Cônego

Monsenhor  Luiz Orlando comemorando junto com a comunidade;
Monsenhor Luiz Orlando é o novo diretor da escola Cônego Luiz Braga Rocha. Pe.Orlando como é mais conhecido, venceu a disputa diante do professor Eremberg. O padre obteve 404 votos e Eremberg 269, ainda 05 votos nulos e 02 brancos, num total de 680 votantes.


Ivone Morais, Bastos Brasilino, pe. Orlando e Irenilda Camurça  ex-primeira dama de Ibaretama.
Ivone Morais, Bastos Brasilino, Pe. Orlando e Maria Melo Secretária de Educação de Ibaretama;
.


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Em Ibaretama: Prefeita Elíria Queiroz vai às escolas escutar os alunos e participa da 1ª Assembleia Escolar

Numa ação inovadora e de aproximação com os alunos e a escola, a prefeita e socióloga Elíria Queiroz reservou a tarde de ontem (12) para ouvir os alunos da EEF Fco. José de Freitas em Oiticica, um dos maiores distritos de Ibaretama.

A secretaria Municipal de Educação e Cultura de Ibaretama juntamente com as escolas pólos municipais iniciaram a realização de Assembleias Escolares objetivando a discussão e resolução conjuntas com a comunidade escolar dos problemas cotidianos inerentes ao processo ensino-aprendizagem nas escolas municipais de Ibaretama.

Na tarde de ontem (12), na EEF Francisco José de Freitas no distrito de Oiticica foi realizada a 1ª Assembleia Escolar de Ibaretama. O evento escolar contou com a presença da prefeita municipal Maria Elíria Freitas de Queiroz, da presidenta da Câmara, a vereadora Tereza Carla, da Secretaria de Educação Maria Melo, da assessora Maria do Céo de Freitas Alves, do psicólogo Pe. Natal Nunes, do secretário de Serviços Públicos e Urbanismo, o professor Walter Rebouças, de técnicos da secretaria municipal da educação, professores, pais, alunos e motoristas do transporte escolar.
Os alunos apontaram problemas rotineiros e que vem de certo modo atrapalhando o bom desempenho acadêmico dos educandos. Em seguida emitiram suas opiniões na resolução dos  citados problemas, expressaram suas ideias e dessa maneira aproximaram-se do real papel de cidadãos.

Projetos trabalhados e pensados em sala de aula foram expostos à comunidade escolar, às autoridades, num diálogo saudável e democrático. Os motoristas por sua vez também participaram expressando seus pensamentos, seus anseios acerca das problemáticas apresentadas e favorecendo assim para as possíveis resoluções. 

As autoridades ouviram, debateram, argumentaram e os problemas apresentados foram encaminhados para futuras resoluções, garantiu a chefe do poder executivo. “Eu me comprometo em buscar soluções para esses problemas apresentados por vocês”.

Em suas palavras o psicólogo Pe. Natal Nunes reforçou a importância dos laços entre família e escola para que o aluno tenha um bom aprendizado e um melhor desenvolvimento enquanto ser humano, enquanto cristão. Já a Secretaria Maria Melo, salientou e reforçou a ideia de que a educação é a resolução de todos os problemas sociais que afetam nossa sociedade.

Os presentes parabenizaram à direção da escola, ao corpo docente e discente, a secretaria municipal da educação e ao poder executivo pela iniciativa e se dispuseram a colaborar na realização nas demais assembleias e na resolução dos problemas apresentados pela comunidade escolar.

O momento de ontem, ou seja, as Assembleias Escolares serão estendidas às demais escolas de Ibaretama.


Por Georzito Ferreira Inácio;




terça-feira, 11 de junho de 2013

ELEIÇÃO PARA DIRETOR NA ESCOLA CÔNEGO É CANCELADA , OU MELHOR, ADIADA PARA NÃO SE SABE AINDA QUANDO

Todos foram pegos de surpresa, professores, pais e alunos que se dirigiram à escola hoje (11) para votar foram surpreendidos com o cancelamento da eleição.

O motivo segundo a comissão foi uma denuncia feita por parte do candidato Eremberg (86) contra o candidato Padre Orlando (88) alegando que a eleição estaria sofrendo influencias politicas.


A nova data é incerta. Com isso, pais que se deslocam de regiões longínquas se revoltam pelo fato de terem dado a viagem perdida. “Moramos longe, nos deslocamos deixando nossos afazeres e quando chegamos aqui, nada. Temos que voltar outro dia sei lá quando.” Afirma a  aposentada Maria Marta da Silva .

segunda-feira, 10 de junho de 2013

EM IBARETAMA: Comunidade é barrada no portão da escola para não ouvir debate entre candidatos



Impedida de participar do debate entre os dois candidatos à direção da única escola da rede estadual do município, a comunidade ibaretamense fica do lado de fora da escola.

Diferentemente de outras edições a EEM Cônego Luiz Braga Rocha, em pleno processo de escolha direta de seus gestores, fecha seus portões à comunidade local.

O debate entre os candidatos foi restrito aos funcionários, professores e alunos da escola, pais ou responsáveis dos alunos, os demais segmentos inerentes ao processo educativo não puderam participar.

A ex-diretora da escola, a senhora Maria do Céo de Freitas Alves, atualmente assessora administrativa da secretaria municipal de educação de Ibaretama, foi impedida de adentrar a escola para ouvir o debate, de conhecer as propostas dos candidatos ao cargo de diretor da única escola estadual do município, com qual a Secretaria Municipal da Educação sempre mantem laços harmoniosos de parcerias e conquistas. 

Juntamente com a ex-diretora, foram também impedidos de entrar na escola técnicos da secretaria municipal de educação, ex-professores, representantes de entidades importantes locais como o Conselho Tutelar, representado por  alguns conselheiros, dentre eles a psicóloga Camila Freitas e a senhora Virginia Cunha. E ainda a representante do Instituto Religioso Casa São José pertencente à Congregação das Humildes Servas do Senhor, a Ir. Alda, instituição essa que contribui para com o município desde sua fundação, ou seja, há 25 anos evangeliza e educa os cidadãos ibaretamenses.

Segundo a direção da escola o debate era só para a comunidade escolar, de acordo com a orientação da comissão eleitoral baseada no edital que rege o processo, seguido pela CREDE 12, o debate entre os candidatos ocorreu na quinta-feira (06).


 COMUNIDADE ESCOLAR na visão de BEATRIZ DE BASTO TEIXEIRA - Refere-se aos segmentos que participam, de alguma maneira, do processo educativo desenvolvido em uma escola. Na maioria dos casos em que a expressão é mencionada, agrupa professores, funcionários, pais e alunos. No entanto, pode ser observada alguma variação no que diz respeito aos segmentos que compõem a comunidade de uma instituição de ensino entre diferentes documentos de políticas e programas educacionais ou textos legais a eles relativos. Há casos em que associações de bairro, sindicatos, entidades comunitárias de uma forma geral são incorporados, desde que atuantes no bairro em que a escola esteja situada.

As eleições na Escola serão realizadas por todo o dia de amanhã (11/06). Os concorrentes são: O professor Eremberg Gonçalves (86), ex-diretor da EEF Rda. Emília de Lima e ex-secretário municipal de educação de Ibaretama, e o Monsenhor Luiz Orlando, mais conhecido na região como Pe. Orlando (88), foi pároco de Ibaretama e diretor da maior escola da rede municipal de Ibaretama assim como seu opositor, foi ainda diretor por vários anos de uma das mais tradicionais escolas da rede particular da cidade de Quixadá, o Colégio Valdemar Alcântara, e também foi diretor da escola pública Dom Terceiro na cidade de Boa Viagem. Recentemente exercia o cargo de diretor financeiro na EEM Abraão Baquit em Quixadá.

Por Georzito Ferreira Inácio;

sábado, 8 de junho de 2013

BOLSA FAMÍLIA Ibaretama cancela cadastro irregular

Ibaretama. Servidores e comerciantes recebendo o Bolsa Família irregularmente neste município tiveram o benefício cancelado. Após a denúncia feita pelo advogado João Vieira Picanço, ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Ibaretama, no Diário do Nordeste, o assunto tem sido reputado como disputa política.

O coordenador João William Cabral disse que houve suspensão do benefício, após a denúncia publicada no Caderno Regional FOTO: ALEX PIMENTEL

Oposicionistas da atual administração criticam a Prefeitura. Os aliados da gestão municipal atribuem a responsabilidade aos prefeitos anteriores, por não terem feito os recadastramentos.

O acirramento político em torno das irregularidades é notório. A assistente social Leda Maria Vieira da Silva afirmou ter sido denunciada, ao invés de orientada a cancelar o benefício, porque na eleição anterior havia votado no ex-prefeito e seus candidatos. Na última eleição resolveu mudar de lado.

Ao saber da sua decisão o ex-vereador não teria ficado satisfeito. Ela acredita ter sido denunciada por ter desagradado os interesses políticos. Agora buscará orientação junto ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para saber como fará a devolução do benefício recebido irregularmente, segundo ela, dos últimos quatro meses.

O ex-vereador João Vieira Picanço contesta as alegações da assistente social. Além de não ser sua eleitora, a relação dos beneficiários em situação irregular foi colhida aleatoriamente no portal do MDS. Foram levantados os nome de quem recebia mais de um salário mínimo, portanto, sem direito ao benefício federal, acrescentou.

Segundo o coordenador do CAD-Único, João William Cabral, mais conhecido como Joãozinho, uma das primeiras beneficiárias a procurar o posto após a reportagem foi a assistente social, que teve seu benefício cancelado. Ela continua exercendo o cargo de coordenadora do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) do Município.

Bloqueio
Todavia, a prefeita Elíria Freitas de Queiroz, aguarda posicionamento do departamento jurídico da Prefeitura para saber se a irregularidade cometida pela servidora foi muito grave e lhe impedirá o exercício da função pública, acrescentou o coordenador. Quem também já atualizou o cadastro e não terá mais direito ao benefício foi Marlene Costa Ribeiro. Ela foi acusada na denúncia encaminhada ao Tribunal de Contas da União (TCU) e a Promotoria de Justiça de Ibaretama, de ser proprietária de uma lanchonete na cidade. Apesar de ter alegado não ser proprietária do estabelecimento comercial, a denunciada é casada com um vigia da Prefeitura. Apenas o salário dele, R$ 1.000,00, dividido pelo número de membros na família, ultrapassa o valor estipulado de renda per capta estipulado pelo Governo Federal, R$ 70,00, explicou Joãozinho.

Dos oito beneficiários denunciados ao Ministério Público, cuja lista foi encaminhada à Secretaria de Assistência Social de Ibaretama, até a publicação desta edição, apenas dois não haviam comparecido a unidade do CAD-Único para regularizarem suas situações. Conforme informou Joãozinho, por precaução os benefícios foram bloqueados. Serão liberados somente após a apresentação pelos interessados dos documentos necessários para o recadastramento.

ALEX PIMENTEL
COLABORADOR
 

informação extraída do DN em http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1276759

Prefeitura de Ibaretama cria Comissão Especial para fiscalizar e decreta atualização do Bolsa Família

coordenador_Bolsa_familia“Não é verdade que secretários municipais estão recebendo bolsa-família, todos os nomes foram rigorosamente analisados e ninguém recebe”.
A prefeita do Município de Ibaretama, Elíria Maria Freitas de Queiroz, com objetivo de aumentar a distribuição dos programas sociais do governo federal, baixou o decreto municipal 20/2013, determinando o prazo de, no máximo, 90 dias para que a Coordenação Municipal do Cadastrado Único proceda recadastramento dos beneficiários do programa bolsa família em Ibaretama. 
Conforme o decreto, foi determinado a Procuradoria Geral do Município a abertura de procedimento administrativo sobre possíveis irregularidades na gestão do programa bolsa-família, ao longo dos últimos anos, em Ibaretama. O caso foi denunciado pelos veículos de comunicação.
A prefeita Eliria Queiroz esclarece que, não houve cadastramento de novos beneficiários durante esses seus cinco meses de gestão, e que, qualquer irregularidade foi da gestão passada. “Quero deixar claro que estamos trabalhando em parceria com o Ministério Público para apurar possíveis irregularidades, não vamos aceitar pessoas que estejam fora dos requisitos recebendo um beneficio tão importante como esse”, destacou a gestora.
O chefe da Coordenação Municipal do Cadastro Único de Ibaretama, João Willame Cabral, esclarece que “não é verdade que secretários municipais estão recebendo bolsa-família, todos os nomes foram rigorosamente analisados e ninguém recebe”, garantiu.
Conforme Eliria Queiroz, visando sempre à transparência, foi criada uma Comissão Especial para fiscalizar os beneficiários e, assim, detectar irregularidades, “ficou visível que a gestão passada não assumiu a responsabilidade com esse programa tão importante, mas nós vamos combater as coisas erradas nesse município”. A comissão será composta por três membros, sendo um da Secretária de Ação Social, Procuradoria e um servidor da Câmara Municipal.
O coordenador explica, ainda, que a atualização do cadastro estava atrasada desde 2011 e que segue calendário do governo federal. Em 2013 o recadastramento teve inicio em maio, o que já está ocorrendo em Ibaretama. Toda a responsabilidade pela atualização é do beneficiário que assina um termo dando fé às informações.
Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Ibaretama

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Debate entre candidatos movimenta a Escola Cônego em Ibaretama

Ibaretama - Num processo democrático e de livre exercício da cidadania, a EEM Cônego Luiz Braga Rocha, a única da Rede Estadual em Ibaretama, município de aproximadamente 13 mil habitantes localizada no sertão central cearense, há 140 km da capital, realiza logo mais um Debate entre os Candidatos.

A comunidade escolar presenciará a exposição de opiniões entre os candidatos ao cargo de diretor da EEM Cônego Luiz Braga Rocha, os senhores Eremberg Gonçalves e Luis Orlando Lima, professores, ex-diretores, ex-secretário de educação municipal e ex-pároco de Ibaretama (atualmente Monsenhor), respectivamente, hoje (06) farão a apresentação de suas propostas de trabalho, e seus pensamentos em relação ao ato de dirigir um estabelecimento educacional. 

Alunos, pais e comunidade esperam ansiosos pelo debate, que se realizará nos dois turnos. Pela manhã a partir das 9h e a tarde a partir das 15h nas dependências da escola.

O Momento é aguardado com grandes expectativas por parte dos alunos e pais. "É a hora de ouvirmos o que eles têm de melhor para oferecer a nossos filhos, que é uma educação de qualidade", afirmou a senhora Francisca Pereira. "Vamos ouvir com atenção o que os candidatos se propõem a fazer por nós", afirma um dos alunos.

Bolsa Família em Ibaretama

O coordenador do Cad Único ainda explicou ter recebido orientação da prefeita Elíria Freitas de Queiroz para suspender imediatamente o benefício para qualquer servidor público não enquadrado nas normas do Bolsa Família.


IBARETAMA

Servidores e comerciantes recebem benefício federal

06.06.2013
Pagamento irregular de dinheiro do programa chegou a ser admitido por uma das beneficiárias inscritas
Ibaretama. Considerado o maior programa social para famílias de baixa renda do Mundo, o Bolsa Família volta a ser questionado após a onda de boatos no dia 19 do mês passado, levando milhões de beneficiários as agências da Caixa Econômica Federal (CEF) para efetuarem saques às pressas. Dessa vez a assistência econômica institucional volta a ganhar destaque em Ibaretama, uma cidade do Sertão Central com pouco mais de 13 mil habitantes, situada a 130Km de Fortaleza. Conforme denúncia feita pelo advogado João Vieira Picanço, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal, servidores e até comerciantes estão recebendo o benefício federal.

Destinado aos de baixa renda, Bolsa atende diferentes classes sociais
fotos: alex pimentel


A denúncia foi encaminhada para o Ministério Público e também para o Tribunal de Contas da União (TCU). Na tarde da ultima terça-feira, dia 4, o deputado estadual Fernando Hugo já havia se pronunciado no primeiro expediente da Assembleia Legislativa (AL) sobre o problema. Segundo ele, há muitas pessoas de renda média ou alta recebendo os benefícios do programa indevidamente. "Em alguns municípios há até secretários municipais cadastrados", se referindo ao município de Ibaretama. Os nomes de quem está recebendo o Bolsa Família irregularmente não foram citados.

Acerca das denúncias, o coordenador do Cadastro Único do Bolsa Família, João Wiliam Cabral, mais conhecido como Joãozinho, confirmou a veracidade. Ele ressaltou porém não ser de responsabilidade da administração municipal a exclusão dos beneficiários não enquadrados no perfil do Programa Federal. Cabe ao próprio beneficiário ter consciência e pedir exclusão do cadastro. Mesmo assim o próprio sistema, informatizado, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), se encarrega de efetuar o bloqueio do pagamento. Os dados são analisados conforme as informações e comprovantes de documentos apresentados por quem quer ter direito ao Bolsa Família.

Suspensão

O coordenador do Cad Único ainda explicou ter recebido orientação da prefeita Elíria Freitas de Queiroz para suspender imediatamente o benefício para qualquer servidor público não enquadrado nas normas do Bolsa Família. Ele ainda explicou não ter havido preocupação da gestora pública porque desde o início do ano não está sendo possível realizar o recadastramento dos 4 mil beneficiários do Município. Mais de 60% deles estão desatualizados. Não há como solicitar o bloqueio, acrescentou se referindo à assistente social Leda Maria Vieira da Silva.

Atualmente a assistente social é coordenadora do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) do município. Ela confirmou o recebimento do benefício. O último saque, de R$ 110,00 foi efetuado no mês passado. Como é viúva, mãe de três filhos e até o fim do ano estava desempregada, tinha direito. Ela disse ainda ter continuado efetuando os saques porque havia contraído muitas dívidas e somente em fevereiro passado passou a receber o seu primeiro salário, de R$ 1.000,00. Leda Maria disse ainda ter recebido o certificado de Assistente Social somente no mês passado. Mesmo assim, está disposta a devolver o dinheiro ao Governo Federal, acrescentou.

Outra beneficiária, acusada de receber ilegalmente o Bolsa Família é Marlene Costa Ribeiro. Ela é acusada de ser proprietária de uma lanchonete, situada na rua principal da cidade. Sobre o estabelecimento comercial ela alegou pertencer a uma filha. Apenas cuida do comércio para a filha. O apurado mensal não passa dos R$ 300,00. O movimento é fraco. O marido dela é guarda municipal no Município. Recebe R$ 1.000,00. "Dividido o salário dele pelo número de pessoas na família, sete pessoas, o casal mais cinco filhos, ultrapassa os R$ 70,00 definidos como renda per capta. Ela não tem direito ao Bolsa Família", explicou o coordenador do CAD Único em Ibaretama.

Apuração

Sobre os demais casos, segundo Joãozinho, foram todos cadastrados nas administrações anteriores, dos prefeitos Manoel Moares e Edson Moraes e serão devidamente apurados. No município, mais de 400 pessoas aguardam na fila para se cadastrarem. A reportagem procurou manter contato com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) buscando esclarecimentos sobre o reinicio do cadastramento e os eventuais problemas ocorridos, mas até o encerramento desta edição o MDS não havia se pronunciado.

Mais informações
Prefeitura de Ibaretama
Rua Padre João Scopel, 53
Centro
Sertão Central
Telefone: (88) 3439.1055

ALEX PIMENTELCOLABORADOR

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Bolsa família: Denúncia de inscrições indevidas gera debate

Deputado Osmar Baquit;
Deputado Fernando Hugo;
Deputado endereça pedido de investigação ao Ministério Público e Polícia Federal sobre o caso de Ibaretama

Deputados estaduais cearenses entraram em confronto, ontem, por conta de denúncias feitas de utilização do Bolsa Família por pessoas ligados a políticos no Município de Ibaretama.      

Tudo começou quando o tucano Fernando Hugo voltou a atacar o programa social do Governo Federal, afirmando que até secretários municipais estavam recebendo o benefício.

O deputado Fernando Hugo denunciou que secretários de prefeituras cearenses estão recebendo o auxílio do Bolsa Família de modo irregular Foto: José Leomar

Ele chegou, inclusive, a afirmar que enviaria um requerimento à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal, solicitando uma investigação sobre a distorção do programa naquele Município, em razão da inclusão de pessoas que, segundo ele, não satisfazem as exigências do programa social. Fernando Hugo apresentou documentos, que, segundo ele, comprovariam as suas denúncias.

O parlamentar, apesar dos ataques à condução do projeto País afora, destacou a importância do Bolsa Família para a população de baixa renda, ressaltando, porém, que a longo prazo não existe qualquer benefício para o País. “A garota que há dez anos recebia o Bolsa Família, hoje é uma mãe de família que continua recebendo o benefício”, disse, ressaltando que o programa não incentiva o “crescimento educacional e profissional da população”.

O deputado Vasques Landim (PR), fez um paralelo com medidas da Reforma Política quanto ao financiamento de campanha e disse que o Bolsa Família já é uma forma de financiamento público, pois já está financiando a campanha daqueles que o utilizam como captação de votos. “É isso que visualizamos em todas as eleições. Eles dizem como se as pessoas tivessem o dever de votar no candidato de plantão daquele projeto. E isso já é o financiamento público de campanha”, afirmou.

Boatos
O deputado Dedé Teixeira, porém, lembrou que a presidente Dilma disse para não acreditarem em boatos contra o programa e disse que grande parte da população brasileira sabe o que é não ter onde morar ou ter o que comer na próxima refeição e que por isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva resolveu investir na parte pobre da população. Para Antônio Carlos, o programa “não pode pagar o pato” das irregularidades.

“O Bolsa Família é uma vitória do povo brasileiro. Eu queria que ficasse bem claro que eu sou a favor do Bolsa Família. Mas quem não é que diga. Há irregularidades e para elas, há a Lei”, disse o petista.

O deputado Osmar Baquit (PSD), no entanto, não gostou das acusações feitas por Fernando Hugo a atual administração de Ibaretama, a quem teria sido atribuída a responsabilidade dos desvios do programa. Tanto Baquit quanto Fernando Hugo são votados naquele Município. Segundo Baquit, a Promotoria de Justiça da comarca daquele Município requisitou, em maio deste ano, a lista com os nomes dos beneficiários do programa na cidade, para checagem possíveis fraudes.

Conforme informou, a atual administração está trabalhando em conjunto com a promotoria para corrigir distorções que, segundo ele, ocorreram nas administrações anteriores porque não houve atualização de cadastros. Segundo ainda o deputado Baquit, um sobrinho do tucano era secretário na antiga gestão de Edison Morais, que segundo ele, era correligionário de Fernando Hugo.

Questões políticas“Essas pessoas citadas no ofício, há mais de quatro anos recebem tal benefício. A Prefeitura sugeriu que fizesse o cruzamento dos dados e está sendo possível detectar isso porque não tem o cadastro. Se o deputado Fernando Hugo quis prestar um serviço bom para a população, ele fez certo. Mas ele esqueceu que isso foi feito na gestão do ex-prefeito que o apoiava”, afirmou Osmar Baquit.

Fernando Hugo, por outro lado disse que não falou nada a respeito da atual administração do Município de Ibaretama, porque isso acabaria tirando o foco da discussão, que era sobre irregularidades no programa federal Bolsa Família. “O que eu li aqui foi professores e secretários que estão na administração recebendo o Bolsa Família. Eu dei entrada no Ministério Público Federal em um pedido de investigação. Eu não disse nem que a prefeita era bonita ou feia”, afirmou o parlamentar.

“O mais correto é dizer que o pessoal aqui foi quem apoiou vossa excelência”, retrucou Osmar Baquit, se dirigindo a Ferrando Hugo. Ele afirmou que o tucano estava fazendo tais denúncias apenas por questões políticas para atingir a atual gestão. “Como ele quer atingir a prefeita atual e a presidente Dilma, ele faz isso. Não é porque ele se interesse com o Bolsa Família”, atacou.

Informação extraída do DN em  http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1275710

terça-feira, 4 de junho de 2013

Deputado quer investigação sobre o Bolsa Família

Fernando Hugo declarou que pessoas de renda média ou alta recebem de forma irregular os benefícios do programa.
Por: Redação Web

O deputado Fernando Hugo (PSDB) anunciou, durante pronunciamento nesta terça-feira (4), na Assembleia Legislativa do Ceará, que irá envia requerimento à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal solicitando uma investigação sobre os beneficiários do Programa Bolsa Família. 
O parlamentar declarou que pessoas de renda média ou alta recebem de forma irregular os benefícios do programa. “Em alguns municípios há até secretários municipais cadastrados”, garantiu.
Fernando Hugo declarou que acredita na importância do programa para as pessoas de baixa renda, mas acredita que o “Bolsa Família não traz nenhum benefício em longo prazo”. “A garota que há dez anos recebia o Bolsa Família, hoje é uma mãe de família que continua recebendo o benefício”, disse.
O deputado já havia denunciado a irregularidade e solicitado uma investigação sobre o programa em 2012, mas “nada aconteceu”. Ele destacou ainda que o Bolsa Família virou uma “moeda eleitoral baixa, que serve para pagar cabos eleitorais”.
Os deputados Dedé Teixeira (PT), João Jaime (PSDB) e Vasques Landim (PR) ressaltaram a importância das investigações.

informações extraída de